top of page
  • DS Horst

Como o ChatGPT ajuda no dia a dia da Pesquisa de Mercado?

Atualizado: 29 de mar. de 2023


Nas últimas semanas, ChatGPT vêm sendo o tema mais falado dos jornais e redes de comunicação. Não é para menos, em 5 dias a plataforma atingiu mais de 1 milhão de usuários ativos e mais de 100 milhões em 2 meses.

O que se fala é que o ChatGPT e a AI de forma geral pode substituir empregos e pessoas que trabalham com informação, conteúdo e até pesquisa e análise de dados. Mas será que o ChatGPT veio mesmo para acabar com esses empregos ou ajudá-los em algumas tarefas para tornar o trabalho mais eficiente?


O que está por trás é a tecnologia de linguagem GPT-3.5 — um grande modelo de inteligência artificial feito pela OpenAI que foi treinado com uma enorme quantidade de dados de texto de diversas fontes e também conhecida como Transformer. Usa grandes quantidades de texto, como notícias, livros, conversas e outros tipos de conteúdo, para aprender a gerar texto que seja coerente e relevante para uma ampla gama de tópicos.



Como o ChatGPT pode ajudar no dia a dia da área de Pesquisa de Mercado?


1. Coleta de dados: O ChatGPT pode ser usado para conversar com consumidores nos pontos de atendimento remotos, coletando informações valiosas sobre seus desejos, opiniões e comportamentos de compra. Essa coleta pode ser feita através de Chatbots, que podem estar integrados para conversar com os consumidores e coletar informações sobre seus desejos, opiniões e comportamentos de compra. Por exemplo, o chatbot pode perguntar aos consumidores sobre suas preferências de produtos e marcas, e usar as respostas para gerar insights sobre as tendências de mercado.


2. Análise de sentimento: O ChatGPT pode ser treinado para identificar e classificar sentimentos em conversas de consumidores, ajudando a medir a satisfação e o engajamento. Por exemplo, analisar as conversas em mídias sociais para identificar tendências de sentimento sobre a marca e seus produtos.


3. Geração de perguntas: O ChatGPT pode ser usado para gerar perguntas para pesquisas formais, garantindo a coleta de dados mais abrangente e precisa.


4. Resposta automática: O ChatGPT pode ser integrado a sistemas de pesquisa para fornecer respostas automatizadas a perguntas frequentes, aumentando a eficiência e a eficácia da pesquisa.


Em resumo, esta é uma ferramenta paralela para coleta e análise de dados de pesquisa de mercado, ajudando a obter alguns insights sobre os consumidores.


E quais as limitações do ChatGPT no processo da pesquisa de mercado?


1. Precisão e Bias de dados: O ChatGPT é treinado com base em dados de texto existentes, que podem incluir viés de gênero, raça, orientação sexual, etc. Isso pode afetar a precisão e a objetividade das respostas fornecidas. A qualidade e a relevância dos dados de treinamento afetam diretamente a precisão das respostas fornecidas.


2. Contexto: O ChatGPT pode ter dificuldade em entender o contexto de uma conversa ou situação específica, o que pode levar a respostas imprecisas ou irrelevantes.


3. Conhecimento limitado: O ChatGPT tem conhecimento limitado sobre o mundo real, o que pode afetar sua capacidade de responder a perguntas específicas ou complexas.


Em resumo, embora o ChatGPT seja uma ferramenta valiosa para coleta e análise de dados, é importante levar em consideração suas limitações e usá-lo de forma criteriosa e complementar a outras fontes de informação.


Perguntas de Pesquisa de Mercado que o ChatGPT não responde:


Toda pergunta que exigir precisão e confiabilidade em questões sensíveis e complexas e que não toleram grande margem de erro, não podem ser respondidas pelo ChatGT, pois exigem conhecimentos e habilidades especializadas e só podem ser respondidas por especialistas que efetuem métodos híbridos caso a caso e análises individuais.


1. Que método devo usar? Quem devo entrevistar ? Quem não devo entrevistar ?

Questões técnicas de pesquisa: perguntas sobre métodos, técnicas e ferramentas de coleta de dados, análise de dados e interpretação de resultados em casos específicos requerem conhecimentos especializados e só podem ser respondidas por especialistas em pesquisa de mercado.


2. Perguntas específicas sobre segmentação de mercado

Perguntas sobre como identificar e segmentar grupos-alvo específicos ou sobre como avaliar o potencial de mercado de determinados segmentos só podem ser respondidas por especialistas em pesquisa de mercado.


3. Análise de tendências de mercado precisas e confiáveis

Perguntas sobre tendências de mercado atuais ou futuras, incluindo previsões de crescimento e mudanças nas preferências do consumidor, requerem análise e interpretação precisas, que só podem ser realizadas por especialistas em pesquisa de mercado.


4. Perguntas sobre validação de hipóteses:

Perguntas sobre como validar hipóteses de negócios ou sobre como avaliar a viabilidade de novos produtos ou serviços requerem conhecimentos avançados em pesquisa de mercado e só podem ser respondidas por especialistas na área.


Em geral, perguntas relacionadas a pesquisa de mercado são complexas e exigem conhecimentos e habilidades especializadas para serem respondidas com precisão. Sempre é recomendável consultar um especialista em pesquisa de mercado para obter informações precisas e confiáveis em questões relacionadas a pesquisa de mercado.



Caso Prático 1: O que é um NPS alto?


Resposta do ChatGPT

"O NPS é calculado subtraindo a porcentagem de detratores da porcentagem de promotores. Um NPS alto é aquele que é acima de 50. Isso significa que a maioria dos clientes é composta por promotores, o que é um indicador positivo da satisfação e fidelidade dos clientes. Por outro lado, um NPS baixo (menor que 0) indica que há mais detratores do que promotores, o que pode ser um sinal de que a empresa precisa melhorar sua qualidade de atendimento e seus produtos ou serviços".


Resposta do Especialista:
"Dependendo do tipo de serviço ou produto que você oferece um NPS de 50 pode ser alto ou baixo em relação ao mercado. Isso acontece porque baixas barreiras de saída podem delimitar seu mercado (ou segmento) a clientes mais satisfeitos. Esse aspecto é comumente ignorado ao se analisar o NPS e pode incorrer a erros de diagnóstico" — Especialista: Marcel Ueno — Blend New Research, 2023.

Caso prático 2: Qual o fator de proteção preferido pelas pessoas de pele preta atualmente no Brasil?

Resposta do ChatGPT - "Não há uma preferência única entre todas as pessoas de pele preta quanto ao fator de proteção solar. A escolha do fator de proteção pode depender de vários fatores, incluindo a localização geográfica, o tipo de pele, a atividade ao ar livre e as preferências pessoais. Algumas pessoas podem preferir um fator de proteção alto, enquanto outras podem optar por um fator mais baixo. É importante lembrar que a pele negra naturalmente tem uma maior proteção contra os raios UV devido à presença de melanina, mas ainda é recomendável usar protetor solar para ajudar a prevenir o envelhecimento da pele e outros problemas de saúde relacionados ao sol. A melhor maneira de escolher o fator de proteção certo é consultar um dermatologista ou um profissional de saúde qualificado, que pode recomendar o fator ideal com base nas necessidades individuais de cada pessoa".

Resposta da Especialista: -"As mulheres de pele preta escolhem seu protetor solar, assim como as mulheres de pele branca e parda, em primeiro lugar pelo tipo de textura. Em segundo lugar, pelo fator de proteção (SPF). Os SPF 60 são os preferidos pelas mulheres de pele preta e parda, enquanto as mulheres de pele branca também optam por um fator ainda mais alto, 70. Já o fator 80 já não interessa tanto nenhuma delas, talvez pelos preços mais altos" Fonte: Estudo: O Protetor Solar Ideal — Especialista: Karina Milaré, CEO da Reds Research

Se quiser saber como nossos especialistas em pesquisa de mercado utilizam outras formas de Inteligência Artificial fale com nossos especialistas. Conheça também a solução em Inteligência Aumentada da Blend


37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page